terça-feira, 21 de novembro de 2017

O xale biophilia





Essas são as fotos que eu tirei com o celular, do xale que eu finalizei há alguns dias para a minha mãe. O nome dele é "Biophilia", uma receita gratuita que você pode baixar neste endereço:


Segundo a Wikipedia, biofilia "é o amor (philia) à natureza (bio)". Eu tinha dito que a receita é gratuita, porém a criadora do xale, Mary-Anne Mace, nos pede para "considerar nossa relação com o mundo natural a nossa volta, e como as nossas atividades tem impacto nele".

Este xale usa miçangas. Nesta foto elas ficam mais visíveis:



O arremate deste xale usa picots. Eu comecei a fazer, ele teria ficado assim:



Eu desmanchei e resolvi fazer a carreira do arremate sem os picots, foi uma opção minha. Essa é a segunda receita que eu tricoto dessa designer, a primeira foi o xale "Spring Creek", e você pode ler o texto aqui neste link.

O primeiro xale eu não quis blocar, porém dessa vez a história foi outra. Aí embaixo tem a foto do xale logo após a carreira do arremate:






Percebam como o trabalho fica um meio enrugado. Isso dificulta um pouco enxergar a renda que foi tricotada. Para blocá-lo, eu simplesmente mergulhei o trabalho em uma bacia com água e o enxaguei suavemente por alguns segundos, para logo em seguida esticá-lo em uma superfície lisa e alfinetá-lo:




Bem, não posso finalizar este texto sem falar da lã usada. O nome dela é Supersoft, de uma marca chamada "Holst Garn". Quando eu acessei o site da empresa pela primeira vez, algo que me chamou a atenção foi o preço dessa lã. Cada novelo de 50 gramas (com aproximadamente 287 metros) custa apenas 3 dólares americanos (e 15 centavos). Pesquisei no Google sobre essa lã e descobri que ela não é do tipo merino. Apesar de pesquisar bastante, eu não encontrei qual a origem dessa lã no website da empresa, porém no Ravelry ela é classificada como sendo do tipo "Shetland":


Uma vez sabendo o tipo certo de lã, basta pesquisar no Google que descobrimos bastante coisa sobre a lã shetland. Se o idioma inglês não for uma barreira, eu gostaria de sugerir este artigo intitulado "10 reasons shetland yarn is magic":


Algo que não pode deixar de ser mencionado é a cartela de cores: nunca vi tamanha variedade de cores para uma lã! Eu escolhi duas cores: Allium (n° 037) e Magenta (n° 039) :


Eu gastei dois novelos e alguns poucos metros do terceiro novelo para tricotar o xale (embora eu tenha tricotado um sapatinho de bebê como o segundo novelo, então eu nunca vou saber se teria dado para fazer apenas com dois). E, finalmente, não posso deixar de dizer que a lã tem um cheiro um pouco forte. Talvez isso se deva ao fato de que é necessário lavar a peça depois de pronta (o site da empresa deixa isso bem explícito). E realmente, depois de lavada, a peça fica muito mais macia ao toque (e com um cheiro bem mais agradável). Eu aconselho a tricotar um pequeno quadrado como amostra, lavar, deixar secar e ver se houve alteração no tamanho da peça.


Contato

Escreva-me ou cadastre-se para seguir os próximos posts


Follow